Dúvidas Comuns

CONSULTORIA PARA VOCÊ IR MAIS LONGE
Home / Dúvidas Comuns

A princípio sim! Em algumas cidades e circunstâncias você pode abrir sua empresa em seu apartamento e residência. Mas antes disto é preciso tomar prestar atenção a alguns detalhes:
 
1. Verificar se a prefeitura da sua cidade, ou o órgão de classe (por exemplo a OAB) permite que seja utilizado um endereço residencial.
2. Um dos sócios, ou o empresário, deverá residir no mesmo endereço que a empresa será aberta.
3. Se o endereço residencial for em um condomínio, será preciso verificar a Convenção de Condomínio ou conversar com o síndico.

O processo completo de abertura de empresa leva, normalmente, de 45 a 60 dias. Mas este tempo pode ser menor ou maior dependendo da agilidade nas análises dos órgãos públicos.
 
Ahhh, lembrando que somente depois desse período a emissão de notas estará liberada, ok?

Algumas empresas são obrigadas, outras não. Mas o Certificado Digital te trará muitas comodidades, ele é um arquivo eletrônico que identifica uma pessoa e funciona como uma assinatura digital com validade jurídica garantindo segurança em transações online.
 
Sem o Certificado Digital você provavelmente terá que ir pessoalmente a alguns órgãos públicos, como a Receita Federal, já com o Certificado Digital, você pode fazer muitas coisas pela internet!
 
A sua principal função é conferir autenticidade a diversas informações importantes que são declaradas tanto por pessoas físicas quanto por empresas.
 
Serve também para proteger todas as transações eletrônicas e outros serviços que são realizados via internet como a entrega de declarações, emissão de notas fiscais (em algumas cidades) e acesso a órgãos públicos fiscalizadores.
 
Veja algumas das vantagens de ter um Certificado Digital:
Garantir a troca de informações com a Previdência Social referente a sócios e empregados através do e-Social;
Emitir notas fiscais eletrônicas de serviço dispensando o uso de códigos e senhas para acesso aos portais de prefeituras;
Realizar a entrega dos livros contábeis de forma digital, dispensando o registro físico e pago em juntas comerciais e cartórios;
Acessar o e-CAC e outros domínios do governo, onde ficam todas as informações trocadas entre a empresa e os órgãos públicos, dispensando a presença física nos órgãos para acessar informações.
Consultar a situação fiscal da empresa;
Assinar contratos comerciais e dispensar o reconhecimento de firma em cartório;
Trocar e-mails criptografados;
Realizar transações bancárias mais seguras;
Acessar o ComprasNET, o portal de compras do governo para empresas participantes de licitações e/ou contratadas pela administração pública.

Sim, pode! Mesmo com alguma restrição no nome, com o Serasa/SPC, você pode abrir a empresa normalmente.

Sim, pois nada impede de você continuar atuando como CLT e possuir uma empresa aberta em seu nome. Contudo, caso seja demitido, você perde o direito do seguro desemprego.

Você pode abrir empresa, mas o seguro desemprego poderá ser CANCELADO caso você possua uma empresa em seu nome.